REDES SOCIAIS

29°C

Datafolha: 48% reprovam governo Bolsonaro; aprovação é de 25%

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Levantamento do Instituto Datafolha divulgado no final da noite desta quinta-feira (26) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” mostrou que 48% dos entrevistados consideram o governo de Jair Bolsonaro ruim ou péssimo. Na pesquisa anterior, em março, o índice de reprovação era de 46%. A oscilação está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2% para mais ou para menos. 25% aprovam a gestão.

Veja os resultados da pesquisa:

  • Ótimo/bom: 25% (25% no levantamento de março; 22% em dezembro)
  • Regular: 27% (28% no levantamento de março; 24% em dezembro)
  • Ruim/péssimo: 48% (46% no levantamento de março; 53% em dezembro)
  • Não sabe: 1% (1% no levantamento de março; 1% em dezembro)

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas com 16 anos ou mais nos dias 25 e 26 de maio em 181 cidades brasileiras. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Bolsonaro segue como presidente com a pior avaliação em igual tempo de mandato entre todos os presidentes eleitos após a redemocratização do país. Veja a comparação:

José Sarney (Março de 1989) *

  • Ótimo/bom: 7%
  • Regular: 28%
  • Ruim/péssimo: 62%
  • Não sabe: 3%
  • * Pesquisa realizada em apenas dez capitais

Fernando Henrique Cardoso (maio de 1998)

  • Ótimo/bom: 31%
  • Regular: 43%
  • Ruim/péssimo: 24%
  • Não sabe: 2%

Lula (Maio de 2006)

  • Ótimo/bom: 39%
  • Regular: 37%
  • Ruim/péssimo: 22%
  • Não sabe: 1%

Dilma (Maio de 2014)

  • Ótimo/bom: 35%
  • Regular: 38%
  • Ruim/péssimo: 26%
  • Não sabe: 1%

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno

Outras pesquisa do Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira (26) mostrou os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022. Lula lidera a corrida presidencial, segundo o levantamento (veja mais detalhes aqui). Veja o resultado:

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno

  • Lula (PT): 48%
  • Jair Bolsonaro (PL): 27%
  • Ciro Gomes (PDT): 7%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Simone Tebet (MDB): 2%
  • Pablo Marçal (Pros): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 1%
  • Em branco/nulo/nenhum: 7%
  • Não sabe: 4%

Felipe d?Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

O instituto também pesquisou os votos válidos no primeiro turno – excluídos os brancos e nulos. Pelo percentual, Lula venceria no primeiro turno se a disputa fosse hoje.

Votos válidos

  • Lula (PT): 54%
  • Bolsonaro (PL): 30%

As mulheres (51%) reprovam o governo de Bolsonaro mais do que os homens (45%). Outros índices elevados de reprovação: funcionários públicos (61%), moradores do nordeste (55%) e brasileiros com ensino superior (54).

Evangélicos (35%), empresários (48%), entre os que ganham de 5 a 10 salários (35%) e entre os que ganham mais de 10 salário (45%) são as faixas que mais aprovam o atual presidente.

Entre pessoas que recebem o auxílio ou moram com beneficiários do programa, a aprovação do governo fica em 19%. Neste recorte, a reprovação é de 45%.

A comparação entre as pesquisas de maio e março demonstra variação na taxa de reprovação entre pessoas de 45 a 59 anos, com um salto de 43% para 50%, e na faixa dos que têm renda familiar entre dois e cinco salários mínimos, de 40% para 49%.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS