REDES SOCIAIS

21°C

Fávaro apresenta propostas do agronegócio em reunião

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

Com foco total na sustentabilidade, infraestrutura e relações internacionais, diversos interlocutores de setores do agronegócio discutiram, nesta sexta-feira (22), propostas voltadas para o setor e que estarão presente no plano de governo do candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O tema foi debatido com o responsável pelo documento, Aloizio Mercadante, e com o candidato a vice-presidente na chapa, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB).

De acordo com o senador Carlos Fávaro (PSD-MT), um dos coordenadores da campanha, um dos principais pontos do programa será o incentivo para que os produtores adotem medidas que assegurem a sustentabilidade da produção agrícola.

“Precisamos resgatar a percepção internacional de como a nossa produção é sustentável e incentivar que isso ocorra cada vez mais”.

Uma das ideias é a de reduzir a taxa de juros a ser cobrada dos produtores caso tenham adotado medidas que visem a sustentabilidade. “O poder público tem que oferecer este tipo de benefício a quem produz de forma sustentável”, salientou Fávaro.

Outra medida é a de melhorar as taxas cobradas em casos em que os produtores transformem áreas de pastagem degradadas em áreas de produção.

A infraestrutura também foi destacada pelos presentes, com a intenção de retomar o plano de investimentos que prevê a construção e rodovias, ferrovias e pontes, explica o senador. “Precisamos voltar ao crescimento registrado nos governos do Partido dos Trabalhadores”.

Uma atuação voltada ao diálogo com todos os países tambem fará parte do plano de governo. Conforme Fávaro, a ideia é acabar com ataques a parceiros comerciais importantes, como a China e retomar a atuação no sentido de abrir novos mercados e ampliar os existentes.

O senador pontua que além disso o grupo propôs a retomada da produção de fertilizantes por parte da Petrobras, dando segurança para a produção de alimentos. “Temos jazidas grandes no Brasil que, com todo o respeito ao meio ambiente e medidas ambientalmente corretas, podem ser exploradas sem dano”.

Tanto Mercadante quanto Alckmin aprovaram as propostas apresentadas e asseguraram que elas serão incorporadas ao plano de governo da chapa.

Além disso, o grupo irá trabalhar pela construção de uma agenda com diversos encontros entre Alckmin e integrantes do setor em todo o Brasil. Ele estará em Mato Grosso na primeira semana de agosto.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS