REDES SOCIAIS

22°C

Ministro da Integração diz que Defesa Civil Nacional vai neste domingo para áreas afetadas pelas chuvas em SP

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O ministro da Integração, Waldez Góes, disse em uma rede social que agentes da Defesa Civil Nacional vão ainda neste domingo (19) para as áreas afetadas pelas fortes chuvas no litoral de São Paulo.

“Nas próximas horas, a Defesa Civil Nacional se desloca para a região para dar apoio às ações de socorro e resposta à população. Também faremos, de forma sumária, o reconhecimento de situação de emergência em São Sebastião”, afirmou o ministro.

Os temporais, que caem sobre a região desde a madrugada, causaram duas mortes, além de alagamentos e deslizamentos de terra.


window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Até o meio da tarde deste domingo, as principais informações eram:

  • a morte de uma criança de 7 anos, em Ubatuba, vítima de um deslizamento
  • morte de mulher de 35 anos, atingida por uma árvore, em São Sebastião
  • a prefeitura de São Sebastião decretou estado de calamidade na cidade, onde há pessoas desabrigadas após alagamentos e desabamentos;
  • em Ilhabela e outros locais do litoral, faltou água e luz
  • em Juquehy, carros ficaram submersos nos alagamentos;
  • o Exército vai enviar aeronaves para ajudar a resgatar vítimas da chuva
  • há interdições nas rodovias Rio-Santos, Mogi-Bertioga e Tamoios.

O ministro afirmou também que vai pessoalmente à região nesta segunda-feira (20).

“Estarei visitando as áreas afetadas pelas fortes chuvas, juntamente com secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff, nesta segunda-feira. Vamos seguir em alerta e trabalhando no pronto enfrentamento de toda a situação”, informou Góes.

O ministro disse que conversou por telefone com o governador de São Paulo, Tarcísio Freitas, e com prefeitos das áreas impactadas pelas chuvas. O ministro acionou o Ministério da Defesa para atuar na desobstrução de estradas.

Portos

O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, afirmou que colocou a Companhia Docas de Santos à disposição para ajudar no combate aos danos dos temporais.

“Eu quero me colocar à disposição, a Companhia Docas de Santos vai estar à disposição, se precisar nós queremos ajudar o prefeito, o governador de São Paulo e todo mundo que precisa de ajuda”, escreveu o ministro, também em rede social.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS