REDES SOCIAIS

30°C

?Vamos colocar para correr?, diz Mendes sobre invasores de terras

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O governador Mauro Mendes (União Brasil) afirmou nesta segunda-feira (22), que o Governo de Mato Grosso atuará com ‘tolerância zero’ diante de possíveis invasões de terras no Estado. Na ocasião, o chefe do Executivo comentou sobre a tentativa de invasão a uma fazenda a 70 km de Ribeirão Cascalheira, neste sábado (20).

“O que vimos no Araguaia são grileiros profissionais, é crime organizado, provavelmente. Tinha carreta, contêiner, carro de luxo, uma mega estrutura, ou seja, não tinha cara de ser sem-terra. Esses criminosos estão achando que vão se criar aqui em Mato Grosso, mas vão para cadeia”, disparou.

A ação foi a quarta tentativa frustrada de invasão de terras na Região do Araguaia este ano. Conforme o governador, a invasão de terras é um crime previsto na legislação e o Governo deve prender e colocar para correr todos aqueles tentarem praticá-lo.

“A invasão de terras, o esbulho possessório, é um crime previsto na legislação e nós estamos combatendo. A polícia está indo lá em 24 horas, vai tirar, vai prender e colocar para correr aqueles que estiverem abusando desse limite. Quem quer lutar pela terra que faça o procedimento por meio legal”, disse.

Os suspeitos foram presos por policiais militares e civis dos municípios de Água Boa, Canarana, Ribeirão Cascalheira e Nova Xavantina. Entre os suspeitos, sendo três mulheres e nove homens, estão dois policiais militares da reserva. Um dos policiais presos estava armado com um revólver, que foi apreendido junto com munições.

Na ação, os policiais apreenderam também uma carreta, um carro e dois contêineres refrigerados, que seriam utilizados como alojamentos. Os suspeitos, veículos e equipamentos apreendidos foram levados para a delegacia de Ribeirão Cascalheira.

 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS