REDES SOCIAIS

28°C

Wilson garante filiação de Botelho no PSD e diz que gota d?água foi conversa com Fábio Garcia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), será o mais novo filiado do Partido Social Democrático (PSD) visando as eleições municipalistas de 2024. A informação foi confirmada e garantida pelo presidente do partido em Cuiabá, deputado estadual Wilson Santos. A chegada de Botelho ao PSD já está com data definida, dia 11 de dezembro no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

Em entrevista ao Jornal do Meio-Dia, na TV Vila Real, Wilson garante que ele está a frente de toda a coordenação e que a gota d’água foi o pedido feito pelo governador Mauro Mendes (União Brasil), presidente da sigla, para que ele conversasse com o deputado federal Fábio Garcia (União Brasil), com quem disputava candidatura internamente.

Botelho afirmou que Fábio Garcia se mostrou irredutível, deixando claro que não pretende recuar de sua proposta de ser o candidato do partido para disputar a Prefeitura de Cuiabá.

“Está com um pé e meio [no PSD]. Ontem, estive em São Paulo com o presidente Kassab, e ele disse que está impressionado com o perfil do Botelho, com o destaque dele nas pesquisas. Cuiabano, gente fina, gosta do povão, tem bom coração, é um empresário de sucesso. Tem tudo para ser o prefeito de Cuiabá. Nós nos reunimos com a Executiva do PSD municipal, já estamos preparando o ato de filiação do Botelho. Definimos o dia 11 de dezembro no Centro de Eventos do Pantanal”, anunciou Wilson, que já foi eleito prefeito da Capital por dois mandatos.

Wilson ainda aposta que Botelho será capaz de por fim na problemática relação Prefeitura de Cuiabá e o Governo de Mato Grosso, marcado por farpas e falta de diálogo entre o atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e Mauro Mendes (União Brasil).

“Isso vai reaproximar a Prefeitura do Palácio do Paiaguás, colocando um ponto final nessa briga entre o governador e o prefeito de Cuiabá. Botelho possui uma história e um trabalho, e tenho certeza de que será um bom prefeito para Cuiabá, principalmente para os mais humildes”, finaliza.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS